Alterações

Solicitar mudança de categoria de seu veículo

Informar Dados
Exibir Resultados
Opções de Pagamento/Emitir Ficha de Cadastro
O QUE É?

Serviço específico para a pessoa proprietário de veículo automotor que deseja realizar a troca de categoria de seu veículo. 

ETAPAS

 

1 - Preencher o formulário eletrônico 

Preencha o formulário eletrônico abaixo, após a confirmação do preenchimento será gerada a Ficha cadastral e o Documento de Arrecadação Estadual (DAE), que devem ser impressos.

Alteração de Categoria

  2 - Pagar o DAE 

Para gerar a 2ª via do DAE:
Nos municípios que não possuem ECV, clique aqui;

Nos municípios que já possuem ECV, clique aqui.

  3 - Agendar vistoria 

O agendamento será disponibilizado somente após a baixa do pagamento do DAE nos sistemas da Coordenadoria Estadual de Gestão de Trânsito (CET-MG), antigo Detran-MG, que pode demorar algumas horas. Nos municípios que não tem ECV o cidadão deverá procurar a Ciretran. 

Para agendar a vistoria na ECV, clique aqui. 

Para municípios que ainda não possuem ECV, acesse aqui.

Para solicitar a vistoria móvel, clique aqui. 

 4 - Ir ao setor de emissão de documentos da unidade de trânsito 

1. Após ter o veículo aprovado na vistoria, dirija-se ao setor de emissão de documentos da unidade de trânsito e solicite a autorização para compra da placa, na empresa estampadora de sua preferência (a pessoa proprietária do veículo deverá providenciar a fixação das placas).

2. Retorne à unidade de Atendimento da CET-MG, após a fixação da nova placa, e solicite a emissão dos documentos alterados. O proprietário receberá o número do CRV-e, com o qual poderá emitir o novo CRLV-e no site da CET-MG, no aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT) ou no Portal de Serviços do Senatran. 

UNIDADE ONDE O SERVIÇO É PRESTADO

Belo Horizonte:
Divisão de Registro de Veículo (DRV)
Rua Miguel Gentil, 357, Nova Gameleira, Belo Horizonte/MG – CEP 30.510-140.

  1. A responsabilidade pelos dados prestados é exclusiva do proprietário do veículo e/ou seu responsável legal. Caso seja informado dados incorretos, o registro do veículo e a emissão do documento poderão ser afetados, de modo que, para atualizar o cadastro do veículo será necessário efetuar o pagamento de uma nova taxa e realização de nova vistoria de identificação veicular. 

  2. Para mudar a categoria do veículo, é necessário pagar todas as dívidas e mantê-las atualizadas no sistema da Coordenadoria Estadual da Gestão de Trânsito (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), Taxa de Licenciamento, Seguro DPVAT, Multas e a baixa de impedimentos se houver). 

  3. O tempo de vistoria é em 15 minutos (em média). 

  4. Valor cobrado pelas Estampadoras: Os preços nas Estampadoras não são regulamentados, então o dono do veículo pode escolher livremente onde ir. Antes de comprar, é bom pesquisar os preços para placas. Se achar que está sendo cobrado muito, é possível reclamar no Serviço de Proteção ao Consumidor (Procon) para receber orientações. As taxas e obrigações da CET-MG podem ser verificadas na Delegacia de Trânsito local ou no site da CET-MG, no serviço desejado. Em caso de dúvidas, ligue para 155. 

  5. Para veículos escolares é proibido a condução de escolares em número superior à capacidade estabelecida pelo fabricante (Art. 137 – CTB), desta forma, a CET-MG não registrará veículos que foram alterados com capacidade superior ao estabelecido pelo fabricante. 

  6. Todos os casos não previstos deverão ser analisados pelas unidades de atendimento do município.

  7. A pessoa que recebeu um aviso para fazer um Recall no seu veículo deve procurar a montadora oficial ou a concessionária para fazer a troca do item solicitado. A não realização da troca do item implica na impossibilidade do licenciamento do veículo. A concessionária ou montadora insere no sistema a data em que o Recall foi efetuado e a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran) procede a liberação da restrição, não sendo necessário contato com CET-MG para execução deste serviço. 

Será considerado válido somente documento de identidade conforme a Lei 12.037/2009.   

Documentos Necessários

Será considerado válido somente documento de identidade conforme a Lei 12.037/2009.  

Proprietário do Veículo:

  • Documento de identidade atualizado com CPF (original e cópia);
  • Recolhimento do  Documento de Arrecadação Estadual (DAE);
  • Certificado de Registro de Veículo (CRV) em branco;
  • Ficha de Cadastro devidamente preenchida e assinada pelo proprietário do veículo;
  • Carta de Comunicado ao órgão de trânsito (somente para Táxi ou Escolar);
  • Certificado de Originalidade (somente para Veículo de Coleção).

Parentes (pai, mãe, filho (a), irmão (a), marido e esposa):

  • Além dos documentos exigidos para o proprietário, apresentar também:
  • Documento de identidade atualizado com CPF de quem irá comparecer (original e cópia);
  • Documento de identidade atualizado com CPF do proprietário do veículo (original ou cópia autenticada);
  • Certidão de casamento, se for o caso (original ou cópia autenticada).

Procurador:

Além dos documentos exigidos para o proprietário, apresentar também:

  • Procuração pública lavrada em cartório (original ou cópia autenticada);
  • Documento de identidade atualizado com CPF do procurador (original e cópia);
  • Documento de identidade atualizado com CPF do proprietário do veículo (original ou cópia autenticada).

 Proprietário do Veículo/Empresa:

  • Documento de identidade atualizado com CPF (original e cópia);
  • Recolhimento do  Documento de Arrecadação Estadual (DAE);
  • Certificado de Registro de Veículo (CRV) em branco;
  • Ficha de Cadastro devidamente preenchida e assinada pelo proprietário do veículo;
  • Carta de Comunicado ao órgão de trânsito (somente para Táxi ou Escolar);
  • Certificado de Originalidade (somente para Veículo de Coleção);
  • Cartão do CNPJ com menos de 90 dias;
  • Contrato social (original ou cópia autenticada);

Procurador:

Além dos documentos exigidos para o proprietário, apresentar também:

  • Procuração pública lavrada em cartório (original ou cópia autenticada);
  • Documento de identidade atualizado com CPF do procurador (original e cópia);
  • Documento de identidade atualizado com CPF do proprietário do veículo/empresa (original ou cópia autenticada).
Valor
  • Nos municípios que não possuem ECV: R$ 126,71. 

    Nos municípios que já possuem ECV os valores a serem pagos pelo cidadão serão divididos da seguinte forma:  

    Emissão da DAE: R$ 5,28. 

    Vistoria na ECV: R$ 121,43 (pago na própria ECV).