Notícias

Com credenciamento de empresas, Governo de Minas garante atendimento de vistorias veiculares para mais de 90% dos municípios mineiros


Por Detran-MG
04/06/2024 09:30:00 - Atualizado Há 1 mês

ECV

Divulgação Seplag-MG

Objetivo é levar o serviço, coordenado pela Seplag-MG, para mais perto do cidadão, evitando grandes deslocamentos e aprimorando o atendimento!

A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MG), por meio da Coordenadoria Estadual de Gestão de Trânsito (CET-MG), continua credenciando empresas prestadoras de serviços de vistoria de identificação veicular (ECV), levando os serviços de trânsito para mais perto dos cidadãos. Atualmente, 775 localidades de Minas Gerais já podem utilizar o serviço de atendimento das ECVs, o que representa 91% dos municípios mineiros.

São 1.307 ECVs aptas para funcionar em 349 municípios mineiros, que beneficiam, também, as cidades vizinhas. Com o objetivo de evitar grandes deslocamentos por parte dos cidadãos, uma medida definida recentemente pela CET-MG está permitindo que as vistorias sejam realizadas fora do município de origem, em ECVs situadas em sedes regionais próximas.

Desde o início da terceirização das vistorias, em 15/12/2023, até o mês de maio foram 819.565 vistorias distribuídas para as ECV's em Minas Gerais. O credenciamento continua aberto para expansão do serviço e novas melhorias serão implantadas nas próximas semanas, como destaca a secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Luísa Barreto, que se somam aos mais de 200 serviços de trânsito já digitalizados.

“De maneira imediata, já estamos mudando a regionalização dos serviços em Belo Horizonte, retomando a lógica de nove regiões, o que facilita o acesso do cidadão ao serviço, que será prestado mais perto da sua casa. Em breve teremos também a liberação da vistoria móvel. Em todas as localidades, teremos uma pesquisa de satisfação imediata para garantir que o cidadão que não for bem atendido informe ao Estado, que irá atuar de maneira ágil na melhoria. Esta é parte da transformação que temos feito nos serviços de trânsito, já são mais de 200 serviços digitalizados e nos próximos dias, liberaremos uma série de novos serviços digitais, facilitando a vida dos cidadãos mineiros”, assinala.

Mais perto do cidadão

Cidadãos de municípios como Chapada Gaúcha, por exemplo, que tinham que ir até Arinos para realizar o serviço, não precisam mais fazer o deslocamento de cerca de 100 quilômetros. O mesmo acontece com os cidadãos de Confins, que eram atendidos em Vespasiano, e de Eugenópolis, que se deslocavam até Muriaé.

Nas cidades de Bom Jesus do Galho, Caldas, Iguatama e Moema, as vistorias que eram feitas na Ciretran local agora são realizadas nas ECV’s credenciadas nos municípios. Após estudos técnicos, os cidadãos do município de Alvarenga, que pertence à Ciretran de Governador Valadares, tiveram atendimento transferido para Tarumirim, o que reduz o deslocamento que era feito até Conselheiro Pena.

 

Transparência e monitoramento

Para garantir a lisura e a qualidade do serviço prestado, a atividade das empresas credenciadas é monitorada pela CET-MG. O trabalho de fiscalização em Belo Horizonte resultou na suspensão de duas empresas por suspeita de fraude e em 54 processos administrativos.

Esses processos têm o objetivo de assegurar o correto funcionamento dentro dos parâmetros técnicos estabelecidos para a atividade e a qualidade do serviço para quem será atendido. O trabalho de fiscalização segue sendo realizado nos municípios do interior de Minas Gerais, para que as medidas administrativas e de responsabilização cabíveis sejam aplicadas.

“Nós temos uma preocupação muito grande com a qualidade desses serviços e por isso realizamos, em Belo Horizonte, um processo de fiscalização e auditoria dos serviços, que continua agora no interior do estado, com a finalidade de garantir que sejam cada vez melhores para a população. Nós não vamos tolerar qualquer tipo de corrupção ou de falha na prestação desses serviços”, afirma a secretária.

Pesquisa de satisfação

A CET-MG iniciou uma pesquisa de satisfação sobre o serviço de vistoria veicular. A pesquisa é enviada para o WhatsApp dos cidadãos assim que os atendimentos são realizados. Assim, toda pessoa que é atendida por uma ECV recebe uma mensagem para avaliar o atendimento.

“Com essa ação, a CET-MG disponibiliza uma forma moderna e simples de pesquisa, para identificar pontos de melhoria e garantir que o serviço de vistoria atenda as expectativas e as necessidades dos cidadãos. Queremos colocar o cidadão em primeiro lugar e responsabilizar as empresas que não cumprem os horários de agendamento ou que não realizam um atendimento de qualidade”, afirma o chefe de Trânsito de Minas Gerais, Lucas Vilas Boas.

Um canal de atendimento ao cidadão também está disponível no site www.transito.mg.gov.br, na aba “Atendimento”, para registro de denúncias, reclamações, sugestões e elogios. A CET-MG também disponibiliza, todos os meses, os dados sobre o serviço no site, na aba “Parceiros Credenciados”.

Distribuição randômica e equitativa

A distribuição das vistorias para todas as empresas credenciadas é randômica e equitativa, ou seja, o cidadão é direcionado para uma das ECVs no seu município ou no município sede das regionais próximas, por meio de sistema informatizado, sem qualquer interferência de agentes da CET-MG ou das Circunscrições Regionais de Trânsito. Em Belo Horizonte, o serviço está sendo prestado de forma regionalizada, organizado entre todas as nove regionais da cidade.

 

-
Acompanhe o facebook e o instagram da CET! 
Assessoria de Comunicação – Seplag-MG